Na Baía dos Escravos [Este apêndice está atualizado segundo o último volume da edição portuguesa de As Crónicas de Gelo e Fogo, Os Reinos do Caos.]

Sem Título

— em Yuiikai, a Cidade Amarela:

     — YURKHAZ ZO YUNZAK, Supremo Comandante dos Exércitos e Aliados de Yunkai, um esclavagista e nobre idoso de impecável nascimento,
— YEZZANZOQAGGAZ, escarnecido como BALEIA AMARELA, monstruosamente obeso, enfermiço, imensamente rico,

          — AMASSECA, o seu capataz escravo,

          — DOCES, um escravo hermafrodita, o seu tesouro,

          — CICATRIZ, um sargento e soldado escravo,

          — MORGO, uni soldado escravo,

     — MORGHAZ ZO ZHERZYN, um nobre frequentemente com os copos, escarnecido como O CONQUISTADOR BÊBADO,

     — GORZHAK ZO ERAZ, um nobre e esclavagista, escarnecido como CARA DE PUDIM,

     — FAEZHAR ZO FAEZ, um nobre e esclavagista, conhecido como O COELHO,

     — GHAZDOR ZO AHLAQ, um nobre e esclavagista, escarnecido como SENHOR BOCHECHAS DE BALOIÇO,

     — PAEZHAR ZO MYRAQ, um nobre de baixa estatura, escarnecido como O POMBINHO,

     — CHEZDHAR ZO RHAEZN, MAEZON ZO RHAEZN, GRAZDHAN ZO RHAEZN, nobres e irmãos, escarnecidos
como OS SENHORES DOS TINIDOS,

     — O QUADRIGUEIRO, O DOMADOR, O HERÓI PERFUMADO, nobres e esclavagistas,

em Astapor, a Cidade Vermelha:

     — CLEON, O GRANDE, dito O REI CARNICEIRO,

     — CLEONII, seu sucessor, rei durante oito dias,

     — REI ASSASSINO, um barbeiro, cortou a goela a Cleon II para lhe roubar a coroa,

     — RAINHA RAMEIRA, concubina do Rei Cleon II, reivindicou o trono após o seu assassínio.